Muro de Arrimo – A contenção que você esta procurando!

A Estância Pedras constrói o seu muro de arrimo para que você possa construir o seu sonho sobre ele!

barranco-min

Estância Pedras

A Essência da Beleza Natural

Definição de “Muro de arrimo”

Muro de arrimo nada mais é que uma parede de retenção construída para suportar à pressão lateral do solo quando há uma mudança desejada na elevação da terra que excede o seu ângulo de repouso natural.

A parede de um porão é, portanto, uma espécie de muro de contenção. Mas o termo refere-se normalmente a uma parede de retenção com arrimo, que é uma estrutura independente, sem apoio lateral na sua parte superior.

Mas afinal, o que é arrimo?

O arrimo é o ângulo que faz parte da construção do muro. Um muro normal apresenta em ângulo reto de 90º, já um muro de arrimo tem uma inclinação para dentro da área a ser contida.

Veja neste gráfico a representação do arrimo:

Muro de Arrimo

Arrimo vs Prumo

O arrimo ajuda com que a parede do muro resista as pressões laterais geradas pela terra solta e em alguns casos, as até mesmo as pressões da água.

Crista do muro de arrimo

Crista do muro de arrimo

Como o arrimo a base do muro fica mais larga do que a crista (topo), desta forma com o conhecimento básico do volume a ser suportado, pode-se definir a largura da base e então, prepara-la para que receba o maior peso do solo a ser contido. Já a crista que geralmente termina com 50 cm, recebe a apenas a parte mais leve da terra e por isso não precisa gerar grandes dispêndios na obra.

Considerações sobre um projeto de muro de arrimo

Uma das maiores considerações ao se projetar um muro de arrimo é reconhecer a tendência natural do material retido, para mover curva descendente de acordo com à gravidade. Isto irá criar uma pressão lateral de terra atrás do muro que depende do ângulo interno de atrito (phi) e a força de coesão (C) do material retido, bem como a direção e magnitude do movimento da estrutura da retenção.

A pressão lateral de terra é zero na parte superior do muro, então pode-se aumentar proporcionalmente a um valor máximo na maior profundidade. A pressão da terra vai empurrar o muro para a frente e derrubá-lo se não for devidamente feito. Além disso, qualquer água subterrânea por trás do muro de arrimo que não é dissipada por uma drenagem do sistema cria uma pressão hidrostática no muro. Isso é a pressão total ou empuxo que o muro poderá conter.

A menos que a muro seja construído para reter a água, é importante ter uma drenagem adequada por trás da parede, a fim de limitar a pressão ao valor de projeto do muro. O sistema de drenagem vai reduzir ou eliminar a pressão hidrostática e melhorar a estabilidade do material por trás da parede. Muro de arrimo com pedras são normalmente auto-drenantes.

O Código Internacional de Construção exige que muros construídos para garantir a estabilidade contra o capotamento, deslizando e pressão da água; Desta forma que seja projetado para um fator de segurança de 1,5 contra deslizamento lateral e capotamento.

Tipos de muro de contenção

Muro de Arrimo

Principais tipos de contenção

Muro de contenção por gravidade

Muro de gravida é um sinônimo para muro de arrimo, porém um muro de gravidade dependerá unicamente de sua massa (pedra, concreto ou outro material pesado) para resistir à pressão de trás da parede, e pode ter uma melhoria na estabilidade inclinando-se a parede para trás em direção ao solo a ser mantido (arrimo). Para muros pequenos de paisagismo, eles são muitas vezes feitos de argamassa e pedra.

No início do século 20, muros de contenção mais altos eram muitas vezes feitos de gravidade (arrimo) usava-se grandes massas de concreto ou pedra. Hoje, muros de contenção mais altos são cada vez mais construídos como muros de gravidade compostas, tais como: contenção por ancoragem (gigantes), ancoragem inversa (mão francesa) e gabiões (cestas de arame de aço empilhadas cheias de pedras).

Contenção por ancoragem (gigantes)

Ancoragem do muro de arrimo

Ancoragem do muro de arrimo

A contenção por ancoragem no muro de arrimo é o tipo de contenção mais comum, sua característica são as colunas horizontais criadas atrás da parede. Essas colunas podem ser em ângulo reto em forma de L, ou podem ser inclinadas iniciando na base e subindo a alturas pré-estabelecidas e unindo-se então ao restante do muro.

Muro de arrimo com base suspensa

Assim como o muro de gravida, apresenta a inclinação em direção a terra a ser suportada, porem como terá que suportar um peso ainda maior, (geralmente são muros mais altos), ele tem um grande diferencial na sua base, pois é construído com uma base em forma de L ou muitas vezes em forma de T invertido. Isso funciona como uma espécie de contraponto para que o peso seja usado a favor da parede. Outros meios de contenção como ancoragem, comumente são usados junto com um muro de base suspensa.

Ancoragem Inversa

Dependendo das características do terreno, a contenção por ancoragem pode não ser a melhor alternativa, pois pode ser que não haja espaço atrás da parede para que se alongue a construção do muro. Em alguns casos, pode-se usar a ancoragem inversa, que é um tipo de “mão francesa” construída com pedras e concreto para auxiliar a contenção da massa atrás da parede, garantindo que o tombamento não aconteça. Esse tipo de construção muitas vezes é feito em combinação com a base suspensa, porque exige uma maior segurança da área próxima ao muro.

 

Alicerce do muro de arrimo

Baldrame do muro de arrimo

Baldrame do muro de arrimo

O alicerce do muro é sua parte mais importante, como já vimos a parede apresenta uma inclinação contraria ao volume de terra a ser suportado, essa inclinação se apresenta apenas no lado exterior, já o lado interior se mantém nivelado (em prumo). Desta forma, naturalmente a base será maior do que a crista. Via de regra a base pode consumir apenas concreto, outras vezes ela poderá consumir concreto e pedras. O rachão é muito usado como complemento do concreto para se criar uma estrutura única e inseparável em toda a sua extensão.

Drenagem do muro de arrimo

Drenagem do muro de arrimo

Drenagem do muro de arrimo

Como dissemos anteriormente a carga total suportada pelo muro é soma do peso do solo e o volume hídrico que o solo pode receber em dias de chuva, essa carga total é o máximo que muro poderá suportar, porém em muitos casos o volume hídrico pode variar e pode gerar uma carga além do suportável, em outros casos o volume hídrico pode gerar uma instabilidade no solo acima do muro e prejudicar outras possíveis edificações. Além destes e de outros fatores a construção de um muro de arrimo projetado para suportar o volume hídrico em sua totalidade pode gerar um gasto extremamente alto, desta forma se o muro não tiver a necessidade de conter água, (como em casos de lagos e represas) é muito interessante se construir um sistema de drenagem atrás da parede.

CONFIRA MAIS NO CANAL ESTÂNCIA PEDRAS

GARANTIAS

A Estância Pedras visa edificar muito mais do que obras, edificamos relacionamentos que assim como nossos projetos duram mais que uma vida,  edificamos amizades, sonhos e conquistas. Por isso contamos com todas as garantias de praxe do mercado, mas muito alem colocamos a sua disposição engenheiros que possuem larga experiencia em construções com pedras e fornecemos a devida Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), conforme contrato.

Por isso, ao pensar em construir ou reformar seu ambiente conte com a Estância Pedras.

Ao longo de sua história a Estância Pedras vem realizando projetos para os mais renomados arquitetos e paisagistas do Brasil, por conhecer o excelente trabalho deste profissionais, selecionamos alguns sites que podem lhe interessar!

  Galeria  Arquitetos  Paisagistas
Estas informações foram importantes?
product image
Nota
1star1star1star1star1star
Votos
4 based on 15 votes
Pedra
Muro de Arrimo
Trabalho
Muro de Arrimo